segunda-feira, 7 de maio de 2018

Plano de ação : o caminho da maestria

Mudança Intencional – Criar um Plano de Ação



Por que um Plano de ação é ser um dos itens mais importantes na sua vida ? É exatamente o que este post vai te explicar.

Como Tocar Violino

Sem estratégia, sem sucesso.

Você com certeza deve ter se deparado com alguma pessoa, familiar, amigo ou até mesmo colegas que após um tempo separados, seja pela distância, tempo ou condição social, se reencontraram e notou claramente como a pessoa estava diferente. Essa diferença poderia ser de aparência, físico, humor, energia, etc. O ponto é, você NOTOU uma diferença e você provavelmente deve ter gostado.

Vamos pensar melhor sobre isso: A pessoa por algum motivo – que neste momento não vem ao caso – decidiu fazer algum tipo de mudança e foi feita de forma consciente. O problema disso, é que normalmente criamos algum progresso em nossa vida e logo em seguida ficamos estagnados, porque sair da zona de conforto é difícil, por 2 motivos:
  1. Mudamos uma coisa por vez, ter que repensar qual é a próxima mudança e saber que será sempre assim, nos desmotiva (Zona de Conforto).
  2. Nossa quantidade de decisões bem feitas é limitada, de acordo com XYZ. Ter que tomar decisões de qualidade requer um momento correto, não pode ser feito no “Modo Execução”.
Então a grande pergunta é : Como mantemos um ritmo de progresso notável em nossa vida?

Plano de Ação:

Diferente do plano de Metas, que definimos o que queremos atingir, o plano de ação é a trilha de o quê vamos fazer para atingir uma meta. É o passo a passo que vamos nos preocupar no dia a dia, fazendo coisas não tão agradáveis mas com um bom motivo por trás dessas ações.
 Devemos fazer um plano de metas antes do plano de ação? Não necessariamente. Podemos criar um Plano de Ação para criar essas metas. O foco é voltarmos nossos esforços para o trabalho (que foi planejado), que é realmente o que vale. Mas lembre-se, a estatística não mente, de acordo com a Folha, mais da metade das empresas fundadas no Brasil fechou as portas após quatro anos de atividade. Falta de planejamento !
 Apesar das metas serem mais importantes porque determinam quão grande será o resultado final, ter um plano para atingi-las é crucial. Podemos até começar nossa jornada atrás da maestria sem um plano de metas (temporariamente), mas não podemos fazer sem o plano de ação.

E o que você tem a ver com isso?

Bom, isso serve para qualquer coisa na nossa vida. No seu trabalho quando você vai executar qualquer tipo de atividade, o simples fato de você quebrar em tarefas menores e garantir que todos os passos possíveis foram listados, você ganha:
  • Clareza Mental
  • Domínio das tarefas
  • Antecipação de possíveis problemas
  • Evitar empecilhos
Que fique muito claro na sua mente que quanto mais estrategista você for ANTES (Negrito, Sublinhado e Maiúsculo, ANTES) de começar a trabalhar, melhor será seu resultado em qualquer coisa na vida.
Mais um exemplo, para provarmos a eficácia do Plano de Ação:
Você deseja ir para a praia com os amigos. O simples fato de você anotar tudo antes de tomar qualquer tipo de ação para fazer acontecer já irá te dar os insights do que podem dar errado, o que pode atrasar e o que pode ser esquecido. Itens:
  • Ver a quantidade de pessoas que vão.
  • Ver casa de praia, o que inclui, preços diários, localização e relatos.
  • Calcular a quantidade de comida que essas pessoas comem.
  • Montar um cardápio, para ter certeza da quantidade mínima de comida que deve ser comprada.
  • Analisar onde irá comer se for comer fora.
  • Analisar os preços da praia e do local que você está.
  • Escolher o melhor custo x benefício para comprar a comida.
  • Levantar itens de utilidade básica para a casa.
  • Calcular a distância de ida, volta, trajeto na praia e estimar quantidade de combustível.
  • Dividir o combustível pela quantidade de pessoas que vão no carro.
  • Definir dias que será alugado a casa
  • Alugar a casa.
  • Fazer uma média de preço a ser cobrado de cada um em alimentos, aluguel, transporte  e itens básicos.
  • Cobrar de cada um o pagamento da taxa.
  • Avisar a todos dia e hora do encontro.
  • Levantar o que deve ser levado por cada um.
Você pensou em todos esses itens? Provavelmente não, e é esse tipo de pensamento que devemos abolir de nossa mente, de arrumar de última hora ou que “dará tudo certo” e sermos humildes suficientes para listarmos até as atividades “bobas” para que o caminho seja o mais prazeroso possível e evitarmos resultados indesejáveis.

 Esses seriam os tópicos às pessoas que querem gastar pouco. Quem tem dinheiro precisaria se preocupar com bem menos itens, por isso é importante ressaltar que o Plano de Ação deve estar dentro de um contexto da pessoa e do ambiente.

Dá trabalho ? Com certeza, mas evita dor de cabeça e aumenta chances de sucesso porque é tratado antes da execução e se encontra na fase de planejamento. Imagine que sua casa foi mal planejada e precisa ser demolida, péssimo né? Poderia ser evitado se tivesse uma garantia que o plano de ação foi melhor planejado, te garanto que o trabalho a mais vale a pena.

Detalhes importantes

Como qualquer coisa na vida, você precisa ter comprometimento com o que está fazendo para que dê certo, se não for para ir até o fim nem comece. Comprometa-se a construí-lo e garantir que seja cumprido no prazo dado, porque atrasar as coisas é um péssimo vício.
Pense comigo, quantas pessoas gostariam de ter uma ferrari, por exemplo? Muitas. Agora, quantas delas realmente criam isso como uma meta, comprometem-se e trabalham para aquilo? Nem estou levando em consideração quem consegue, só quem tenta. A taxa é baixíssima e espere isso para tudo na sua vida.

Então não seja mais um, e tome a decisão de atingir o que você quer, essa simples ação pode mudar o rumo da sua vida para outra realidade. Você definir que vai mudar o mundo e criar um plano vai muito além de alguém que quer o mundo como um lugar melhor mas que não toma a decisão. Captou? Decida ! Já é meio caminho andado com uma decisão.

Como fazer

É importante dizer que o plano de ação (quais ações serão tomadas) pode ser usado tanto num pedaço de papel como num software super estratégico da empresa X. A questão é que tarefas um plano de ação é composto por tarefas e essas podem ser usadas em qualquer lugar, desde que a metodologia funcione para você.

Eu particularmente uso conceito de GTD, Eat that Frog e Priorização. Mais pra frente eu crio um post explicando melhor, mas em poucas palavras eu uso um software que captura todas as tarefas que preciso fazer, eu reviso e vejo o que deve ser feito ou não, por quem e quando. A partir daí eu vejo qual é a tarefa que mais me trará resultado em direção ao meu plano de metas e faço a coisa mais difícil primeiro.

Você não necessariamente precisa fazer isso, eu fiz porque depois de muito tempo eu vi que era isso que funciona muito bem comigo, então encontre sua individualidade à respeito das metodologias. Esse post não tem o foco de falar de metodologia e sim onde e como estruturar.

Moral da história: Qualquer lugar serve, desde que você revise com certa frequência e cumpra os prazos, seu plano de ação tem todas as chances de ser bem sucedido.

Plano de Ação:

  1. Crie um plano de ação para criar um plano de metas.
  2. Liste as tarefas (Plano de Ação) para atingir essas metas.
  3. Garanta que seus planos são ambiciosos e que você está mirando alto. Frustre-se porque não conseguiu chegar no topo do Everest e não porque conseguiu chegar na praia.
  4. Aprenda metodologias para ver como pode gerenciar bem suas tarefas.
  5. Compartilhe esse post!
Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos e cadastre-se na Newsletter pra receber novidades. :)
Um abraço !

0 comentários:

Postar um comentário